As campanhas que valorizavam as curvas reais das mulheres , apareceram mostrando que estavam vindo para combater essa ditadura hipócrita e déspota , que adestra as pessoas com o pensamento que só corpos finos e " macarrônicos " são belos e sensuais , sucumbiram á força da sociedade que finge não admirar a beleza , sensualidade e formosura de corpos curvilíneos das gordinhas , apesar de ter cada vez mais espaços conquistados com certa " rebeldia " e teimosia por estas representantes incríveis de corpos perfeitos.
Nos admiramos com os conhecimentos que os povos antigos possuíam , mas fazemos questão de ignorar ( e fazem mais questão ainda ) de não divulgarem que as belezas admiradas daquela época , eram as " recheadas " , gordinhas exuberantes.Na Mitologia Romana , um dos mais cultuados deuses , e que virou sinônimo de festas extremamente atrativas, é o deus Baco , deus das festas e dos vinhos , sempre ( ou na maioria das vezes ) retratado como um gordinho alegre e festeiro.Creio que empresas como a Editora Abril , Conrad Editora , e tantas outras editoras admiráveis que temos no país , poderiam ter a ousadia ( nos dias de hoje esse seria o termo correto ) de lançar revistas com conteúdo voltado as pessoas gordinhas , não as "plus size" ,e sim as que realmente sao gordinhas , pois " plus size " não se enquadra na categoria gordinha nunca , já que o número máximo de roupa de plus size considerado , é 48 , e gordinhas vestem acima disso.

. Bookmark the permalink.

1 Response to

  1. Isis says:

    Acredito que as coisas estão começando a mudar! Tenho uma loja virtual e quero me especializar em lingeries Plus Size e não são até o 48 e sim até o 60, com calcinha fio dental e tudo. Não sou gorda, sou fofa, uso 44 e por incrível que pareça, é o "PP" das gordinhas, como dizem na mídia. Já até ouvi a expressão: é o primeiro passo à "obesidade", achei um pouco exagerado, mas, fazer o quê, não é mesmo!? Gosto de mim como sou e não tenho problema nenhum em arranjar pretendentes o que é visto com espanto por minhas amigas magérrimas. Já ouvi de uma a célebre frase: "vc é gordinha mas tem atitudes de magra, se gosta"...rss Difícil né...rs Mas já ouvi de um grande amor tbm: "Não gosto de gordinha e vc é a primeira que eu ficoe gostei" Acho que corpos magros ou gordos se diferem no quesito beleza apenas em duas questões: A beleza está nos olhos de quem vê, independente do tamanho do modelo observado e atitude! Quantas mulheres e homens lindos vemos que não atraem nem pernilongo? O slogan da loja é meu melhor pensamento, eu acho: Beleza é estado de espírito! Acho que não deve existir nem a preconceito contra os gordos nem tampouco contra magros, ou negros, ou brancos, ou amarelos, ou vermelhos, ou ruivos, ou morenos, ou loiros, ou altos, ou baixos, enfim, a beleza sempre está nos olhos de quem vê e cada um vê como quer! Democracia e respeito sempre!

Leave a Reply